Olá amigos!

Navegando no site da AIGA encontrei um artigo do Ram Castillo, cujo título original traduzido é algo como “Além de paixão, o que faz um designer verdadeiramente grande” e lista 8 comportamentos que podem fazer a diferença em nossa vida profissional.

Esses conselhos vem a calhar considerando o atual cenário econômico do mercado brasileiro, que além do exercício da criatividade típica tupiniquim para superar os desafios do dia-a-dia, exige também que reflitamos no que pode fazer a diferença na atividade profissional do designer.

Definitivamente acho não há uma fórmula exata para o sucesso, mas concordo com a ideia de que se deve perseguir algo como ir além do bom, do mediano. A busca pela excelência deve nortear o dia-a-dia de quem busca a diferença e o resultado disso, na visão do autor, é o resultado de um conjunto de atributos, listados como 8 comportamentos (ou qualidades) que podem fazer a diferença no design gráfico:

1 – A disposição para ouvir;

2 – A disposição para colaborar;

3 – A disposição de ouvir críticas e responder positiva e produtivamente a elas;

4 – A capacidade de identificar a relevância e usar isso nas situações de design;

5 – A capacidade de aproveitar a tecnologia para projetar soluções;

6 – A capacidade de projetar para pessoas reais e conversas reais .

7 – A consciência de sensibilidades culturais;

8 – A maturidade em equilibrar as decisões de design e as decisões de negócio (design é um serviço, mesmo assim, às vezes podemos nos esquecer disso.

Castillo menciona que há muitas fórmulas de acelerar sua performance de bom para ótimo e de ótimo para fantástico. Um dos caminhos para isso é ter mentores cujo trabalho e valores estejam em linha com os seus, permitindo que você aprenda num ritmo mais rápido e possa questionar sempre. Por mais tola que uma pergunta possa parecer, as respostas irão descartar suposições e proporcionar uma clareza imediata.

E, finalmente, lembre-se que aqueles que têm reconhecimento público passaram anos praticando seu design. Portanto, seja persistente na sua busca de seu aprimoramento.